Pagina Inicial

Pagina Inicial
Assembleia de Carinho ganha sede e oficializa ações humanitárias na ALBA – Imprensa Bahia
Romário Dos Santos

Assembleia de Carinho ganha sede e oficializa ações humanitárias na ALBA


  •  
  •  
  •  

Uma cerimônia sob as bençãos de Santo Antônio, o santo casamenteiro, celebrada na manhã, da  última, terça-feira (13), marcando a união entre as ações políticas de humanização, propostas pelo novo momento que vive a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) e as atitudes transformadoras de cunho social, realizadas pelo Assembleia de Carinho, que ganhou sua sede própria.

O espaço está localizado no térreo do edifício Senador Jutahy Magalhães da ALBA e conta com recepção, sala da presidência e outra de reunião. O concorrido evento teve a presença do senador Otto Alencar (PSD), do presidente da Casa, deputado Angelo Coronel (PSD) e cerca de 30 parlamentares. Além das integrantes do grupo, formado pelas deputadas e pelas esposas e companheiras dos deputados.

Presidente Coronel abriu os discursos evidenciando o objetivo da criação do Assembleia de Carinho. “Esse é um projeto que veio para gente fazer com que a Assembleia tenha uma nova cara, uma nova atitude e está ganhando a cada dia mais apoio. Fazer o social e gostar de gente, faz parte da Assembleia da Bahia. E a ALBA está decretada a partir de hoje, a gostar mais de gente ainda, porque aqui é a Casa do povo”, reforçou.

Nomeada presidente do instituto, Eleusa Coronel começou dizendo ser “uma honra e um privilégio para nós do Assembleia de Carinho, fazer parte da família ALBA oficialmente, a partir de hoje”, depois agradeceu ao núcleo de apoio pela dedicação em fazer com que as atitudes que transformam possam acontecer. Agradeceu também às integrantes do grupo, “por entender a importância do nosso papel na humanização da ALBA” e ainda à família Coronel.

“Quero fazer um agradecimento especial ao presidente Angelo Coronel e à Mesa Diretora desta Casa, por entenderem a força e o poder que juntos temos com atitudes que podem transformar a vida das pessoas”. Na sequência de agradecimento, Eleusa também demonstrou gratidão à divulgação das ações do grupo feita pela mídia e encerrou citando a pedagoga, artista plástica, escritora, poetisa e compositora carioca, Mônica Christi ao dizer, “A solidariedade e a caridade são práticas do amor real”.

Otto Alencar lembrou a época em que foi presidente da ALBA e firmou convênio com o Aristides Maltez –, há 20 anos, fato também relembrado pelo presidente Coronel – “E eu como bom seguidor e fiel aos seus ensinamentos, me preocupei em resgatar suas boas ações do passado para implementá-las no presente, pois voltamos a ter um convênio com a entidade”, disse o líder do Legislativo baiano.

“A Assembleia de Carinho chega num momento muito importante para o nosso Estado e para a ALBA e esperamos que grandes resultados sejam obtidos em favor daqueles que mais precisam. Nessa data, parabenizo Coronel e Eleusa e contem comigo nas principais ações no Senado Federal”, salientou o senador.

Otto também fez críticas às propostas de reformas da Previdência e Trabalhista. “Na próxima terça-feira, vou lutar novamente contra a Reforma Trabalhista que quer impor uma letra de lei que prejudica o trabalhador em vários pontos e podem ter certeza, que também vou lutar contra o projeto da Reforma da Previdência, pela forma como está apresentado. Não é uma posição antigovernamental, mas de consciência, que vai de acordo com uma batalha permanente ao longo da minha vida pública”, arrematou.

O líder na maioria, deputado Zé Neto (PT), levantou a questão da humanização como o eixo principal das mudanças ocorridas na ALBA. “Essa humanização é fundamental para a vida pública e para a vida em sociedade. Não adianta pensar política apenas como um espaço de poder. Isso harmoniza, dá consequentemente esse clima que nós estamos vivendo na nossa gloriosa ALBA”.

Já o representante da oposição, deputado Pablo Barrozo (DEM), enalteceu as ações do presidente da ALBA. “Coronel vem surpreendendo todos os baianos desta Casa, com o cumprimento de compromissos, com a aproximação da Assembleia das pessoas e não seria diferente sem a participação da mulher. Nós fazemos política para cuidarmos das pessoas e vivermos melhor em comunidade”, declarou.

A deputada Fabíola Mansur (PSB) fez questão de destacar o papel da presidente do Assembleia de Carinho. “O que você está fazendo Eleusa, é escrever o seu nome, os nossos e o dessa gestão, na história da solidariedade e da fraternidade humanas, que hoje em dia estão em falta. É resgatar o verdadeiro espírito do baiano, que é de ajudar uns aos outros”, exaltou.

“Vamos todos estar juntos, cada vez agregando mais pessoas, para que a gente possa trazer resultados de transformação para o nosso povo, nesse momento tão difícil pelo qual atravessa o Brasil”, acrescentou a deputada Maria Del Carmen (PT).

Para as integrantes do Assembleia de Carinho, a sede representa a efetivação do trabalho que vem sendo realizado de maneira informal. “Agora a gente tem um porto. Um lugar pra gente poder receber, comemorar, planejar e produzir muito mais. Estamos muito felizes”, explicou Andréa Rodrigues, esposa do deputado Bobô (PCdoB).

“A gente vai ter ainda mais prazer em vir aqui para nos encontrarmos e produzirmos nossos projetos. As ideias vão fluir e vamos planejar a melhor forma de colocá-las em prática”, disse, orgulhosa, Ariene Couto, esposa do deputado Samuel Jr. (PSC).

Ações do Assembleia de Carinho

Desde que iniciou suas atividades, em março deste ano, o Assembleia de Carinho vem se destacando pelas ações em prol da solidariedade, foco principal do instituto. O grupo auxiliou no restabelecimento do convênio entre a ALBA e o Hospital Aristides Maltez, além de firmar um acordo inédito com o Grupo de Apoio à Criança com Câncer – GACC, e parcerias entre a Casa Legislativa, a Fundação Dr. Jesus e a Instituição Manassés.

Com a iniciativa do Assembleia de Carinho, a Mesa Diretora da ALBA também estabeleceu o repasse de recursos para a Liga Bahiana Contra o Câncer, com o compromisso de conseguir que 208 municípios baianos façam o repasse no valor de R$1.110,00 mensais para a instituição. Até agora, 82 prefeituras já assinaram o acordo.

O instituto ainda firmou parceria com as Obras Sociais Irmã Dulce – OSID e tem liderado campanhas de doação para diversas instituições, entre elas, os abrigos de idosos de Salvador.


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *