Pagina Inicial

Pagina Inicial
Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente do PT, é acusada de práticar corrupção passiva e lavagem de dinheiro – Imprensa Bahia
Romário Dos Santos

Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente do PT, é acusada de práticar corrupção passiva e lavagem de dinheiro


  •  
  •  
  •  

O caso em questão, que tramita em segredo de justiça no STF, apura irregularidades na campanha eleitoral de 2014 ao Senado.

A investigação remonta a fevereiro de 2016, quando a PF apreendeu documentos na residência de Maria Lúcia Tavares, secretária do setor de operações estruturadas da Odebrecht. Entre eles, planilhas relatando dois pagamentos de R$ 500 mil cada a uma pessoa de codinome “Coxa”, além de um número de celular e um endereço de entrega. Segundo a PF, a investigação identificou que a linha telefônica pertencia a um dos sócios de uma empresa que prestou serviços de propaganda e marketing na última campanha da senadora Gleisi Hoffmann.

A PF informou que pôde comprovar a existência de seis pagamentos no mesmo valor, além de um pagamento de R$ 150 mil em 2008 e duas parcelas de R$ 150 mil em 2010. “Também foram identificados os locais onde os pagamentos foram realizados e as pessoas responsáveis pelo transporte de valores. Essas tabelas também foram apresentadas pela construtora no momento em que foi firmado termo de colaboração premiada”, afirmou a PF.

Gleisi é muito atrevida e o marido é acusado do pior tipo de roubo, de tomar dinheiro de servidores sob seu comando hierárquico no ministério do Planejamento no governo Lula. Esse papo da perseguição política não cola mais e já passou da hora de essa gente se defender em vez de tentar desmoralizar as instituições republicanas das quais tira seu sustento.

No relatório de conclusão de um inquérito instaurado no Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal (PF) atribuiu à senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente do PT, a prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A batata do PT começou a estorricar com a polícia acusando a presidente do partido de Lula.


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *