Pagina Inicial

Pagina Inicial
Simões Filho: Dinha, 1 ano de eleito. Governo Boa Terra, Boa Gente, completa 10 meses no poder. – Imprensa Bahia
Romário Dos Santos

Simões Filho: Dinha, 1 ano de eleito. Governo Boa Terra, Boa Gente, completa 10 meses no poder.


  •  
  •  
  •  

No próximo dia 05 de Outubro, completa-se 1 ano da vitória do Prefeito Diógenes Tolentino. Dinha eleito pelo  PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro, com uma margem de 59,33% dos votos, obtendo 34.433 dos votos válidos, a campanha foi ancorada por uma bela sacada de marketing política. O PENSA SIMÕES FILHO, mobilizava as comunidades e os problemas eram apontados, bem como a apresentação das soluções que seriam dadas pelo Governo da Mudança.

A consagradora vitória, obtida nas urnas, trouxe uma expectativa em toda população de que a partir do primeiro dia útil de 2017, haveria um choque de gestão. Dinha esforça-se para dar dinamismo à sua administração, escalou um secretariado que tem experiência comprovada, na Administração Pública, e suas nomeações também lhe trouxeram problemas…

Contrariando seus pronunciamentos, durante o processo eleitoral, o primeiro escalão reascendeu o debate sobre os “Forasteiros” x “Nativos” – Povo da Cidade” ficou evidente que foi necessário cumprir dos acordos políticos, (Do período pré-eleitoral),  os partidos da coligação, fizeram sua lista contendo os  nomes, dos indicados, para  composição do secretariado da Prefeitura Municipal de Simões Filho.

Com o slogan: “Boa Terra, Boa Gente”, os primeiros 100 dias de governo, mereceu uma prestação de contas, realizada na Câmara de Vereadores de Simões Filho, com a presença do Secretariado e do Prefeito Diógenes Tolentino.

Dívida – Segundo informações passadas, aos presentes, e ratificada por Dinha, a gestão anterior, sob comando do ex-prefeito Eduardo Alencar, deixou um “ROMBO”, ou seja, uma dívida de 300 milhões de Reais.

Durante a cerimônia foi apresentada o planejamento para:

–           Readequação de 81 escolas do município.

–           Autorização para iniciar o processo licitatório do Centro de Referência de Atendimento à Mulher.

–           Requalificação da Via Universitária.

–           Construção de duas unidades de saúde.

–           Implantação do programa Simões Filho Esportes

O novo modelo de administrar a cidade começou a produzir sinais de uma agenda positiva. A administração Dinha, comemorou a regularização das pendências financeiras com a retirada do nome da cidade de Simões Filho do cauC.

Para termos uma ideia da importância deste feito a ABM – Associação dos Municípios do Brasil, informou que mais de 90% das Prefeituras encerraram o mês de janeiro/2017 inadimplentes no Cadastro Único de Convênios, o CauC. Isso significa que elas estavam impedidas de celebrar convênios com a União.

Entre os treze itens que devem ser cumpridos, a ABM destacou a publicação do Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO); e Relatório de Gestão Fiscal (RGF) está entre os motivos que excluem a maioria dos municípios do cadastro itens alcançado pelo governo da Boa Terra, Boa Gente, assim Simões Filho voltou a ter condições de firmar convênios após a regularização das pendências de muitas administrações anteriores.

Juntamente com a CONDER, foi apresentado o projeto de reurbanização do bairro Pitanguinha, com investimentos, segundo dados informados pela CONDER/PMSF, na ordem Dezenove Milhões de Reais.

A administração DInha conseguiu reorganizar as relações com a APMI, responsável pela administração do Hospital Municipal. Primeiro regularizando e colocando em dia os pagamentos em atraso, com um sistema de gestão mais integrado entre a Secretaria de Saúde, comandada pela Dra. Betânia Lessa Pinto.

Foram realizadas uma série de ações com o objetivo de  humanizar o atendimento ambulatorial, restaurando a dignidade no atendimento da Maternidade Municipal, implantação de novas alas, recepção, área de convivência, implantação do Cartório de Registro, na própria unidade, assim todas as crianças nascidas na maternidade Municipal sairão com o seu registro civil, uma questão de cidadania e respeito às famílias.

Neste novo modelo administrativo, houve a recriação da Secretaria da Mulher, Mobilidade Urbana, reaproximação e convênio com a Associação Comercial e Industrial de Simões Filho, sob a presidência do empresário Evandro Guedes, o que trouxe uma expectativa de reaquecer o setor produtivo e o empreendedorismo em Simões FIlho.

A SEDEC – Secretária de Desenvolvimento Econômico e Social tornou mais ágil à liberação dos documentos obrigatórios para implantação de novas indústrias, dando especial atenção ao Trade do Turismo e, atendendo a orientação do Prefeito Dinha, todas as empresas já instaladas, ou as que escolheram Simões Filho, como a sede dos novos empreendimentos, passaram a disponibilizar,(reservar), um número determinado de vagas de emprego para o munícipe, neste momento de crise, várias são as oportunidades de recolocação profissional disponibilizada pelo SINE em Simões Filho.

A mídia local, vem apresentando os erros e acertos da administração Dinha, em uma atuação que mantém o compromisso de informar, à sociedade, apontar as deficiências, imparcialmente, como aconteceu no Processo de Seleção Simplificada, onde os veículos de comunicação mostraram as dificuldades dos candidatos em atender certas exigências, posteriormente, consideradas inadequadas pelo próprio MP – Ministério Público, que recomendou e a administração atendeu ao editar ao Revogação do referido processo através do Decreto 955/2017.

Ao final de 2017, teremos passado 25% do governo da “Boa Terra, Boa Gente”, e a população continua crendo que haverá, de fato e direito, o tão sonhado CHOQUE DE GESTÃO. A população ainda não percebeu os avanços na solução dos problemas relacionados à Violência, Transporte, Habitação, Educação, a “Favela”, continua acreditando, apesar de já observarmos sinais de impaciência…

Que tenhamos o resgate do marketing do período eleitoral, aliado à uma maior eficiência e agilidade na execução das propostas contidas no Pensa Simões Filho, essa é a esperança de todos habitantes da cidade de Simões Filho.

Pois, já em 2018 teremos eleições e os agentes políticos do Poder Legislativo aguardam, até com certa ansiedade, a definição do candidato a Deputado Estadual, que representará, o Governo Dinha, vários já se colocaram á disposição e o sucesso da gestão dará um impulso ao desejo de elegermos um candidato local que representará Simões Filho na ALBA- Assembleia Legislativa do Estado da Bahia


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *