Pagina Inicial

Pagina Inicial
Simões Filho: Durante Sessão Ordinária, faltou decoro. Péssimos exemplos tivemos de sobra – Imprensa Bahia
Romário Dos Santos

Simões Filho: Durante Sessão Ordinária, faltou decoro. Péssimos exemplos tivemos de sobra


  •  
  •  
  •  

Do ponto de vista ético e sobre os valores da educação, o regimento interno, devemos esquecer a atuação do nobres vereadores, na 37ª  Sessão Ordinária, e a que marcou a volta dos trabalhos legislativos, após o recesso.

Importante, mais uma vez registrar o depoimento da Vereadora Katia Cristina, que demonstrou o seu descontentamento com o comportamento dos seus pares, solicitando, uma posição do Conselho de Ética, presidido pelo Vcreador Orlando de Amadeu.

Tal afirmação, é cabível, pois a 36 Sessão foi somente protocolar, e serviu para que os edis reafirmassem seu apoio ao governo Dinha, na presença dos Secretários, e grande público que lotou o plenário…

Tal afirmação não foi por falta de assuntos de interesse da população, pois Vereadora Katia Cristina, em sua indicação, solicita ao executivo a criação de uma clínica movél de atendimento às mulheres, a mesa diretora fez a apresentação do projeto que irá proporcionar ao Prefeito, Vice, Secretários e Vereadores, o recebimento do 13º salário, já a partir do exercício 2018.

Uma outra pauta, que trará grandes discussões refere-se ao  Projeto de Lei número 001/2018, oriundo do Poder Executivo, que acrescenta Parágrafo Único O artigo 65 e alínea “d”, ao inciso, do ativo 139 da Lei 995/2016, para definição como ZEIS as áreas compreendidas no âmbito dos empreendimentos residenciais do Programa Minha Casa Minha Vida. Segundo primeiras avaliações, caso os vereadores aprovem o referido projeto, os moradores dos residenciais poderão sofrer cobranças de taxas e até mesmo IPTU…

Até o momento somente o Diretório do Partido Verde, através de Magno Reis – que preside o Partido no município, declarou em entrevista e postagens nas redes sociais a sua preocupação com mais essa possibilidade de cobrança de taxas, ou IPTU, que poderá ser sancionada pelo Prefeito Dinha, após aprovação do projeto no plenário da Câmara.

O Transporte público, foi inserido através da Leitura do Projeto de Lei 002/2018 – Autoriza o Poder Executivo a Delegar a Concessão da Prestação do Serviço do Transporte Coletivo Urbano de Passageiros por Ônibus no âmbito do Município de Simões Filho. Não identificamos a presença de representantes das Cooperativas, exceto Alberto de Avelar…

Temos, em Simões Filho, instaladas várias comissões provisórias e permanentes dos mais diversos partidos políticos, e causa estranheza, a ausência de debate e participação das correntes político partidária, em discussões tão importantes e que trarão sérios impactos na vida do povo de Simões Filho. 

Em sessão com temas tão relevantes, ficou o vácuo partidário. Não acompanhar os acontecimentos políticos, e só aparecerem mais próximo da eleição para pedir votos aos seus candidatos, não parece-nos ser uma atitude que demonstra envolvimento nas questões de interesse público.

Senhores presidentes dos partidos PSD, PT, PSL, PSDB, DEM, PSol, PR,PP… botem a cara no sol, e no cenário político. Pois, aparecer somente no momento da campanha poderá ser tarde para conquistar a confiança e voto do eleitor.

Nota da redação: Registre-se na sessão de ontem a presença de Magno Cuinha Reis – PV e Danilo Gonçalves  do PODEMOS. ambos acompanharam a sessão e conversaram com a equipe do imprensabahia.

Foto/montagem: Jefferson Brandão / simoesfilhoonline


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *