Pagina Inicial

Pagina Inicial
Estão sabotando o trabalho do prefeito, serviços básicos não são entregues – Imprensa Bahia
Romário Dos Santos

Estão sabotando o trabalho do prefeito, serviços básicos não são entregues


  •  
  •  
  •  

Pensa Simões Filho, Diogenes Tolentino lutou bravamente para conseguir ascender ao posto de líder do Poder Executivo em Simões Filho, agora além do executivo tem apoio da Câmara de Vereadores, com uma bancada totalmente favoravél ao seu plano de governo.

Como todas as coisas são no tempo de Deus, é o que prega os ensinamentos bíblicos, uma vez que o gestor é um servidor de Deus.

A gestão sofre sucessivos desgaste pela inoperância, do seu secretariado, colocando em cheque a sua gestão. São propagadas nas redes sociais uma série de revitalizações, assinaturas de ordem de serviços, multirões, compra de milhares de lâmpadas Led’s…

A população não tem percebido tais melhorias, ou quando percebe-as, logo ao lado está exposto um outro problema, ou a flagrante falta de planejamento, pelos órgãos envolvidos: Secretaria de Infra Estrutura, Setor de Fiscalização e empresa contratada,  na execução dos serviços sob responsabilidade da prefeitura e suas secretárias.

Av. Elmo Cerejo teve mais um trecho, e não sua completa extensão, revitalizada entre à frente do cemitério municipal até a rótula da Irmã Dulce, devido ás chuvas, uma faixa lateral que  inicia-se do Laboré até a rótula permanece inacabado o serviço.

FALTA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA

Não é possível que tantos profissionais envolvidos, incluindo o Secretario Alan Lima, não tenha percebido o estado de degradação desta via, que ironicamente, finda-se na Av. Elmo Cerejo, onde está acontecendo a dita revitalização.

DESCASO ADMINISTRATIVO

É desgastante, moradores e uma parte dos veículos de mídia, produzirem um editorial  “Dedo-Duro”, ao apontar as constantes falhas do alto escalão nomeado pelo prefeito Dinha. Lembrando que ele foi enfático, em atos de assinatura das nomeações,  de que cobraria e quem não cumprissem o programa de governo, apresentando os resultados, seriam exonerados.

Até o momento, não é o que ocorre, pois do gabinete do  prefeito, não há informações  sobre exoneração, até se pesquisarmos confirma-se a  existência da abertura do processo, pagamento da Verba Recisória, como aconteceu com a Senhora Jailce de Andrade –  ex-candidata a prefeita de Camaçari e nomeada, por Dinha,   Controladora Municipal. Fato,que não é ilegal.

Porém torna-se imoral diante dos vários pedidos, de pagamentos, não atendidos pela gestão. pagamentos que beneficiariam a classe mais necessitada, dos que foram exonerados e até o momento não viram a cor do dinheiro.


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *