Pagina Inicial

Pagina Inicial
Casos de ebola chegam a 58 na República Democrática do Congo – Imprensa Bahia
Romário Dos Santos

Casos de ebola chegam a 58 na República Democrática do Congo


  •  
  •  
  •  

A República Democrática do Congo já notificou 58 casos de ebola, segundo informou hoje (23) a Organização Mundial da Saúde (OMS). Os números incluem 28 casos confirmados, 21 casos prováveis e nove suspeitos, além de 27 mortes. A maior parte dos casos foi identificada nas regiões de Bikoro (29 casos) e Iboko (22 casos).

De acordo com a OMS, até a última segunda-feira (21), mais de 600 pessoas que tiveram contato direto com casos notificados de ebola foram identificadas e estão sendo monitoradas por equipes em solo. Entre os 58 casos reportados da doença no país, três envolvem profissionais da área de saúde.

Mais de 600 pessoas que tiveram contato direto com casos notificados de ebola foram identificadas e estão sendo monitoradas por equipes em solo, no Congo (Ahmed Jallanzo/EPA/Agência Lusa/ Direitos Reservados)

Vacinação

Desde o início da semana, o Ministério da Saúde local, em parceria com a própria OMS, Médicos sem Fronteiras e Fundo das Nações Unidas para a Infância trabalham para vacinar comunidades mais afetadas pelo ebola. A dose tem caráter experimental e já havia sido utilizada na Guiné em 2015.

Segundo a OMS, a vacina foi utilizada em diversos ensaios envolvendo mais de 16 mil voluntários na Europa, na África e nos Estados Unidos e se mostrou segura para o uso em humanos. A entidade ressaltou ainda que a dose apresentou resultados altamente eficazes na proteção contra a doença.

Emergência

A República Democrática do Congo vive seu nono surto de ebola desde a descoberta do vírus, em 1976. Na última sexta-feira (18), a OMS optou por não declarar emergência internacional em saúde pública, mas alertou que a situação na região africana desperta preocupação e que países vizinhos foram avisados da possibilidade de disseminação do vírus.

 Fonte: Agência Brasil

  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *