Pagina Inicial

Pagina Inicial
Jotagê Engenharia faz péssimo trabalho na coleta de lixo. Prefeitura não fiscaliza – Imprensa Bahia
Romário Dos Santos

Jotagê Engenharia faz péssimo trabalho na coleta de lixo. Prefeitura não fiscaliza


  •  
  •  
  •  

Em todos os bairros, praças, avenidas temos registro do acúmulo de lixo. Várias são as reclamações de moradores, comerciantes e pedestres diante do grande, e crescente, registro da presença de ratos, escorpiões, cobras, baratas e demais animais peçonhentos que invadem casas, estabelecimentos comerciais e residências.

E, até o momento a empresa. JOTAGÊ, responsável pela coleta e varrição do lixo, na cidade de Simões Filho, não apresentou um plano de ação, e trabalho,  para resolver o problema. Já estamos na segunda metade do ano, e o cenário é do mais completo abandono. Esse é o sentimento expressado por moradores em veículos de comunicação, e nas redes sociais com a exposição de fotos nos mais  diversos bairros da cidade.

ANIMAIS

Como consequência do descaso da JOTAGÊ, cresceu o número de flagrantes de animais, cavalos, de grande porte que buscam no lixo uma fonte inadequada de alimentação. Percebe-se uma falta de fiscalização, por parte da Prefeitura de Simões Filho, nas duas frentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JOTAGÊ

Não é razoável que até o momento, não tenha sido divulgado nenhuma penalidade à JOTAGÊ, diante do flagrante descumprimento na prestação dos serviço de varrição e coleta de lixo, bem como a não apresentação de uma escala de horários que deverão ser cumpridos pelos caminhões de coleta, e informativo à população para com a referida tabela de dias / horários, assim eliminaria o problema de descarte do lixo doméstico fora dos horários pre estabelecidos.

MOBILIDADE

É flagrante o descaso das autoridades sobre as questões relacionadas à mobilidade urbana, comerciantes não respeitam calçadas e não existe um processo de fiscalização da Secretária de Mobilidade Urbana, com o objetivo de facilitar a circulação de pedestres e pessoas com necessidades especiais. Falta conscientização e fiscalização eficaz.

Fotos: Romário dos Santos – imprensabahia


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *