Pagina Inicial

Pagina Inicial
Dirigentes dos clubes da “Copa Cia -35” cobram pagamentos referentes a arbitragem do ano passado ao Prefeito Dinha – Imprensa Bahia
Diego Oliveira

Dirigentes dos clubes da “Copa Cia -35” cobram pagamentos referentes a arbitragem do ano passado ao Prefeito Dinha


  •  
  •  
  •  

Por Diego Oliveira,  Simões Filho 1 de Setembro de 2018

No ano passado, um dos campeonatos mais importantes de futebol amador da cidade de Simões Filho a “Copa Cia – 35” foi realizado sem o apoio pleno da prefeitura por meio da secretaria de esportes, lazer e juventude (SEJUV), mesmo sendo uma competição do calendário esportivo da cidade. Na oportunidade, os clubes arcaram com o valor da arbitragem, mesário e marcação do campo nas rodadas iniciais da competição. Totalizando o valor de 300,00 por rodada, sendo que o valor era dividido em 75,00 para cada time. Na ocasião, o argumento usado era que não havia a licitação para arbitragem e os clubes arcaram em quatro jogos da competição, desembolsando o valor total de 300,00 cada clube na soma desses quatro jogos.

Até a presente data o valor não foi pago como foi prometido por  representantes do prefeito e lideranças da gestão em uma reunião com os dirigentes   dos clubes no ano passado.

Na reunião, os dirigentes dos clubes participantes, a secretária de esportes Sirliane Ribeiro, a comissão organizadora da competição e o secretário de governo Edson da Kipão no clube do Juventus no Cia 1, foi garantido por eles diante de todos os dirigentes e da comissão organizadora que os valores que os clubes gastaram nas quatro rodadas inicias, seriam ressarcidos pela secretaria de esportes da cidade por meio da Prefeitura Municipal e do Prefeito Diógenes Tolentino (Dinha).

O valor total para cada clube é de 300,00 correspondente aos quatro jogos da primeira fase que cada equipe realizou. Somando o valor integral de 3.000,00. Sendo que são 10 equipes e cada uma tem 300,00 a receber desde o ano passado e não foi pago como prometido por lideranças da gestão em reunião com os dirigentes.

Neste ano, a licitação de arbitragem ainda não saiu. Porém a arbitragem do campeonato vem sendo paga e muitos atribuem o pagamento deste ano pelo fato de ser um ano eleitoral e tem candidata da base do governo municipal na disputa, a vereadora e primeira dama Kátia Oliveira é postulante a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) candidata a Deputada Estadual, sair mal na fita com os clubes, torcedores e os desportistas amantes do futebol amador da cidade seria um equivoco muito grande.

Segundo os dirigentes das equipes, o valor a ser recebido é de extrema importância no orçamento dos clubes nos jogos. “O gasto é grande, atletas, alimentação, material esportivo, transporte e hidratação dos atletas. Eles não dão um posicionamento com relação ao nosso pagamento. Os jogadores do banco de reservas ficam no sol, junto ao mesário não tem um toldo para a equipe de apoio, é um absurdo. Pague nosso dinheiro, Dinha” bradou um dos dirigentes que não quis se identificar.

procurada pela nossa equipe, a Secretária de esportes da cidade Sirliane Ribeiro disse:

 “Assim que tiver um posicionamento entro em contato” completou a gestora de esportes da cidade Sirliane Ribeiro, mostrando total desinteresse no assunto em contato feito pelo ImprensaBahia.

 

Foto: ImprensaBahia


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *