Pagina Inicial

Pagina Inicial
Polícia encontra mais ossos em prédio do Vaticano – Imprensa Bahia
Romário Dos Santos

Polícia encontra mais ossos em prédio do Vaticano


  •  
  •  
  •  

ROMA – A polícia da Itália encontrou nesta terça-feira (6) outros fragmentos de ossos na sede da nunciatura apostólica – espécie de embaixada da Igreja Católica – em Roma.   

 A nova descoberta chega uma semana depois de pedreiros terem encontrado uma ossada escondida em um anexo da nunciatura, alimentando as suspeitas de uma possível ligação com Emanuela Orlandi ou Mirella Gregori, adolescentes desaparecidas desde 1983, quando tinham 15 anos de idade.   

Segundo os investigadores, os ossos encontrados nesta terça são de um crânio e uma mandíbula. A nova inspeção foi realizada após a constatação de que a ossada achada uma semana atrás estava sem algumas partes, como os membros inferiores.   

Um primeiro exame de fragmentos da bacia indica que a ossada pode ser de uma mulher, mas os investigadores ainda não confirmaram a hipótese nem a idade do esqueleto.   

Desaparecimentos – A Procuradoria de Roma apura se a ossada pertence às jovens Emanuela Orlandi e Mirella Gregori, que desapareceram em 1983, quando tinham 15 anos de idade, a poucas semanas de distância uma da outra. Gregori sumiu após dizer para sua mãe que tinha um encontro com um colega de escola, que, por sua vez, estava em outro compromisso. Já Orlandi, filha de um funcionário do Vaticano, desapareceu enquanto voltava para casa. Até hoje não foi encontrada nenhuma prova de que os dois casos estejam interligados.   

Essa não é a primeira vez que a polícia italiana apura a relação entre ossadas e os desaparecimentos de Orlandi e Gregori. Em 2012, investigadores encontraram cerca de 400 caixas com ossos na igreja de Santo Apolinário, em Roma, onde estava sepultado o mafioso Renatino De Pedis, suspeito de envolvimento no sumiço de Orlandi. Os exames, contudo, não encontraram ligação com as jovens.

Fonte: Agência ANSA


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *