Pagina Inicial

Pagina Inicial
Respeito: Vereador Orlando de Amadeu, retrata-se com Georgea Alves - Imprensa Bahia – Simões Filho
Romário Dos Santos

Respeito: Vereador Orlando de Amadeu, retrata-se com Georgea Alves


  •  
  •  
  •  

­Ainda em referência a semana nacional de celebração a luta das Mulheres, chegamos ao fim dessa batalha, mas lembrando que essa é uma guerra diária na qual nós mulheres temos a todo momento que reafirmar a luta pela nossa competência, nossa igualdade, nossos direitos.

Enfim, diariamente somos postas a provas nos nossos lares, nos nossos trabalhos e em toda essa sociedade machista que nos desvaloriza, humilha e desrespeita todas NÓS pelo simples fato de sermos MULHERES.

Então essa vitória não é só por mim, é também, por todas as mulheres que são desrespeitadas e temos os nossos direitos violentados no dia a dia. Espero aumentar o coro da esperança, na qual não devemos abaixar a cabeça, e sim, lutar sempre pelos nossos direitos.

Que tudo isso sirva de exemplo para que outras pessoas não cometam o mesmo erro. E, antes de falar que pensem nas consequências.

REDES SOCIAIS

O poder judiciário tem sido acionado, com frequência, através de acoes impetradas por pessoas que tem sua imagem, dignidade, honra ofendidas ou caluniados nas redes sociais. Principalmente através do WhatsApp.

Vítima de injúria e difamação, Georgea Alves, impetrou ação contra o Presidente da Câmara Municipal de Simoes Filho, Orlando de Amadeu, tendo sido acordado, judicialmente, pagamento de indenização e retratação publica, na Primeira Sessão Ordinária, ocorrida na manhã de hoje, 13 de março de 2019.

Conforme o texto encaminhado à Redação de jornalismo do Imprensa Bahia, e publicado acima, trata-se de uma vitória na luta da mulher por igualdade e respeito à honra,  trabalho e preservação da sua imagem e dignidade.

Nota da Redação: Parabenizamos o Presidente e Vereador Orlando de Amadeu, por sua  humildade e o respeito no cumprimento do TAC, bem como a coragem de Geórgea Alves em lutar por seus direitos, crendo no pleno, e independente, funcionamento das instituições democráticas.

Trata-se de um marco para que todos aprendam a fazer uso da liberdade de expressão, respeitando, unilateralmente, a dignidade, e a honra de terceiros. Podemos divergir, porém sem jamais perdermos de vistas os direitos individuais e suas escolhas.


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *