Pagina Inicial

Pagina Inicial
Londrina vence, mas Bahia avança às oitavas de final da Copa do BR - Imprensa Bahia – Simões Filho
Romário Dos Santos

Londrina vence, mas Bahia avança às oitavas de final da Copa do BR


  •  
  •  
  •  

Brio não faltou ao Londrina, mas a vitória por 2 a 1 em jogo válido pela quarta fase da Copa do Brasil diante do Bahia não foi suficiente para os paranaenses tirarem a larga dianteira estabelecida pelo Esquadrão de Aço na ida por 4 a 0. Melhor para a equipe de Salvador em dia especial para seu treinador, Roger Machado, que completou 44 anos de idade nessa quinta-feira (25).

VAGA DEFINIDA? QUE NADA!

​Antes mesmo do primeiro minuto de jogo, o LEC abriu a conta quando Anderson Leite retomou a posse de bola e chutou cruzado de maneira totalmente torta. Porém, o que era uma finalização ruim virou uma assistência porque, do outro lado da área, Anderson Oliveira chegou batendo de chapa, superando Anderson. 

Um tanto quanto ‘grogue’ com o gol rápido do oponente, o Bahia conseguiu levar perigo com Eric Ramires passando para Artur e o atleta emprestado pelo Palmeiras batendo forte pro gol, forçando o arqueiro Matheus Albino a trabalhar muito bem. Tudo isso antes mesmo do confronto chegar a cinco minutos.

INTENSIDADE E PERIGO AÉREO

As duas equipes pareciam a todo momento querer deixar claro que não cederiam um espaço maior do que o estritamente necessário. Em meio a esse posicionamento mais acertado das duas defesas, os lances de cruzamentos nas grandes áreas se tornaram oportunidades boas para ambos os lados. Do lado baiano, Fernandão teve relativa liberdade para testar bola alçada por Artur, mas viu ela passar muito perto da trave do arqueiro londrinense. Por sua vez, o Tubarão chegou quando Silvio acompanhou a trajetória da bola e cabeceou bem, mas ela acabou subindo um pouco a mais do que o necessário e passou próximo ao travessão de Anderson.

PRESENTE PRO ROGER… E PRO FERNANDÃO

O Bahia já apresentava sinais de melhora na partida quando o volante Germano, uma das figuras mais experientes do Londrina, acabou dando um passe para trás “entregando” a bola nos pés de Fernandão. O centroavante teve calma, bateu na saída de Matheus Albino e fez a alegria também do aniversariante da noite, o técnico Roger Machado.

ESPERANÇA VIVA

Abusando de sua experiência, o atacante Dagoberto partiu pra cima da marcação no lado direito da ofensiva e, ao perceber a aproximação de Artur, deu o corpo para ser derrubado dentro da grande área, cavando o pênalti. Na batida, ele projetou bem o corpo para um lado e bateu no canto oposto, tirando Anderson do lance e recolocando o LEC na frente antes do apito para o intervalo.

TUDO OU NADA

Precisando de mais três gols para uma classificação que seria heroica, o time do interior do Paraná se atirou em definitivo ao ataque na etapa complementar adiantando suas linhas e renovando o fôlego. Com direito, aliás, a Dagoberto sendo substituído e bastante aplaudido pelo torcedor do LEC. 

ADMINISTROU

De maneira bem mais atenta e prudente do que foi na primeira etapa, o Bahia soube conduzir a partida de maneira que, se não era dominante, conseguia sair com relativa facilidade em contra-ataques e fazia o tempo passar. Algo que, com a vantagem no agregado, aproximou o Esquadrão de Aço da classificação até a devida confirmação no

apito derradeiro de Emerson Almeida de Ferreira.

Fonte: Lance


  •  
  •  
  •  
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *